Lu Terceiro

Conversas sobre trabalho com Lu Terceiro

Lu Terceiro participa do Conversas sobre trabalho, um espaço para falarmos sobre os aspectos das nossas atividades profissionais em um mundo que muda cada vez mais rápido e de forma cada vez mais profunda.

Perfil

Lu Terceiro
Lu Terceiro

Nome: Luciana Terceiro
Se formou em: Desenho de Moda
É conhecida por ser: UX designer
Odeia demais: Burocracia. Esperar os outros resolverem. Medo (de fazer, de se arriscar).
Ama muito: Viajar, estudar, família, meu trabalho, os verdadeiros amigos.
Fica feliz quando: Fico feliz em ver ideias se transformando em projetos, crescendo e se concretizando. Fico feliz em contar com boas companhias para construir coisas bacanas. E fico demais de feliz de estar com gente de bem e com as pessoas amadas 🙂
Tem medo de: Perder tempo!
Não tem medo de: Experimentar 🙂

Entrevista

No que você trabalha atualmente?

Lu Terceiro: Estou num momento bastante dedicada à vida acadêmica: mestrado e dando aulas. Mas também pontualmente faço alguns freelas e me dedico aos projetos do Coletivo Mola e da UP[W]IT.

Em ambos, busco trabalhar com processos do design mas com objetivos um pouco diferentes. No Coletivo, a ideia é democratizar esses conhecimentos e na UP[W]IT, refletir sobre o papel e o espaço da mulher nos ambientes de tecnologia e inovação.

Como você entrou nessa atividade profissional?

Lu Terceiro: A área “criativa” sempre foi uma paixão. Sonhava em ser arquiteta, mas acabei indo para o curso de Moda (sou péssima em matemática, hehehe).

No curso de Moda, conheci o Design Gráfico. E aqui uma coisa foi puxando a outra: fui desenhar sites quando tomei contato com a Internet (isso era 1999!), e virei “webdesigner”.

Em 2003 conheci arquitetura de informação e me apaixonei. Dai para frente, foi descobrir todo o mundo de pesquisas com usuários, de UX, e o trabalho foi se enriquecendo.

O que mais gosta no que faz profissionalmente?

Lu Terceiro: Gosto de vários aspectos. Adoro a parte de pesquisa com usuários. Descobrir como o mundo é diverso e como podemos trabalhar um tantinho disso em nosso projetos para tentar melhorar a vida das pessoas.

Adoro o trabalho em equipe, especialidades diferentes que se reunem para fazer um bom serviço.

Adoro a comunidade de UX, sempre generosa e com pessoas incríveis e inspiradoras. Trabalhar com pessoas que possuem o mindset, a mentalidade de projetar para os outros nos permite conviver com pessoas com um nível de empatia acima da média.

Qual foi o projeto mais interessante que você trabalhou até hoje? Como foi?

Lu Terceiro: Esta é uma pergunta bem difícil!

Quando trabalhava no UOL, os dois projetos que eu mais gostava eram os relacionados ao UOL Host e PagSeguro.

Em ambos era possível ver o impacto que estes serviços proporcionavam nas vidas das pessoas. Histórias de pessoas que tiveram uma oportunidade de vida melhor, que começaram a empreender usando esses serviços. É incrível quando você pode fazer parte de algo que proporciona isso.

No Coletivo Mola e na UP[W]IT também pude fazer parte de eventos diferentes, mas também muito interessantes. Esses momentos de troca e aprendizado são muito especiais.

Qual foi a situação mais difícil que você passou na sua carreira até hoje e como você lidou com ela e/ou o que aprendeu de mais importante?

Lu Terceiro: Não foi bem uma situação, mas o momento que passei a ser responsável pela equipe, a coordenar o time, foi um momento bastante desafiador e de muito aprendizado.

Acho que os maiores aprendizados que tive foram que é importante deixar tudo às claras – às vezes a gente acha que está subentendido e isso pode causar muitos problemas, se manter aberto a ouvir e não ter medo de mostrar que também podemos errar.

Que conselho daria para quem está começando uma carreira profissional agora?

Lu Terceiro: Tenha curiosidade, estude, participe de eventos, e produza, produza, produza!

Faça projetos pessoais, faça projetos voluntários, faça projetos na faculdade, em cursos livres, onde houver oportunidade.

Nem sempre a primeira oportunidade vem fácil, mas se tiver a oportunidade de exercitar, com certeza terá mais chances.

O que te faria contratar alguém para trabalhar com você?

Lu Terceiro: Há o lado técnico, dependendo do que é necessário para o trabalho, mas o mais importante é o entusiasmo da pessoa.

Perceber aquele brilho de quem trabalha com o que gosta, que tem interesse em aprender e se desenvolver, em quem tem curiosidade de ir além.

As melhores pessoas com quem trabalhei dava para sacar de cara que elas tinham esse entusiasmo. E para essas pessoas, não há barreiras para ir além.

Que profissional ou profissionais você considera referência na sua área de atuação? Por que?

Lu Terceiro: Difícil citar algumas, admiro várias pessoas, por motivos diferentes.

Onde você busca informações para aprender mais sobre sua profissão?

Lu Terceiro: Alguns canais são básicos, como uxdesign.cc e Fast.Co Design.

Gosto muito da TouchPoint, a revista da Service Design Network.

Apesar de serem mais pontuais, os eventos na área são muito bons, como o Interaction South America e a UXConf BR. Não só pelas palestras, mas por todo o networking, por conhecer as pessoas.

Como você explicaria o seu trabalho para alguém que nunca ouviu sobre isso?

Lu Terceiro: Depende de quanto tempo eu tenho, hahahah.

No geral, explico que projeto as interfaces digitais para que elas sejam mais fáceis para as pessoas usarem, e tento explicar que para projetar, preciso compreender como são as pessoas que vão usar esses serviços (o que elas costumam usar, o que precisam, o que não funciona bem para elas, etc.).

Dentro do que você faz profissionalmente, o que considera sua missão ou o propósito mais importante?

Lu Terceiro: Correndo o risco de soar idealista, eu espero com meu trabalho poder melhorar as vidas das pessoas.

Desde facilitando o uso de algum produto ou serviço até realmente poder criar soluções que possam dar novas alternativas e possibilidades para estas pessoas.

Como você imagina que será sua atividade profissional daqui a 20 anos?

Lu Terceiro: Na velocidade com que as coisas mudam, 20 anos parece tão longe, difícil imaginar o que realmente será.

O que você ensinaria para uma criança hoje que imagina poder ajudá-la em sua atividade profissional no futuro?

Lu Terceiro: A escutar ativamente. Estamos precisando desesperadamente de pessoas que consigam escutar o outro. A sensação é que não há mais diálogo, só monólogos.

Que serviços ou empresas você admira por oferecer um excelente serviço atualmente?

Lu Terceiro: Vou chover no molhado, mas na minha experiência como cliente acho a Amazon a empresa mais exemplar. O conjunto de serviços e produtos que ela foi desenvolvendo e o tratamento sempre exemplar são de tirar o chapéu.

Alguma mensagem ou recado final que você gostaria de deixar para os leitores?

Lu Terceiro: Não desistam de projetar um mundo melhor! 😀

E para fechar, por onde podemos seguir você?

Lu Terceiro: www.facebook.com/luterceiro

E meu muito obrigado a Lu por ter aceitado bater esse papo!

Publicado por

Heller

Eterno Aprendiz. Apaixonado pela Vida. Designer. User Experience. Design de Serviço. Inovação. Tecnologia. E Outras Coisas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *